Guia de sobrevivência na praia

Dicas para pegar um sol no Posto 9 sem queimar o seu filme.Ir à praia de Ipanema, no Rio, pode ser uma tarefa ingrata. Ainda mais se for no domingo de feriado, no Posto 9. Por mais que você já tenha ido à praia cheia e saiba se virar, quando você entra na massa humana misturada com areia e cadeiras de praia, você tem coragem de sair correndo. E entrar de sócia em um clube militar. Mas como você não tem nenhum militar na família e todos os seus amigos vão no Posto 9 mesmo, a gente vai dar algumas dicas de sobrevivência na praia. E olha que ainda não chegou o verão!
–    Quando andar, jogue areia nos outros
Afinal, quando você estiver sentada, eles vão jogar em você. Então, já vá se acostumando.         –    Não leve muitos apetrechos
Isso mesmo. Se der vá só de biquíni. Porque na praia lotada, não dá nem para deixar a bolsa e o jornal na areia. As pessoas pisam em cima. Então seja econômica.
–    Se você quiser uma cadeira, alugue lá
Porque a máfia dos alugadores de cadeira e barraca, deixam as cadeiras e barracas abertas guardando os lugares. Se você levar a sua, pode ser que não arranje lugar para botá-la e tenha que sentar lá atrás, onde a areia é quente. Melhor alugar uma.
Se você morar mais ou menos perto, não vá de carro. Porque não tem vagas. E você pode ficar horas rodando atrás de uma. Eu já quase desisti de ir para a praia por falta de vagas. Fora as vezes em que parei em um lugar proibido e fiquei imaginando meu carro sendo rebocado.
–    Leve o celular para ficar falando
Agora, em vez de mergulhar e tomar sol, as pessoas ficam falando no celular. Então, se você não quiser ficar meio deslocada, leve o seu celular para ficar fofocando.
–    Não ligue para as celulites
O melhor lugar para desencanar das celulites é a Praia de Ipanema. Lá, mesmo as rainhas das celulites usam biquínis minis e não estão nem aí.       –    Beba um Guara Plus e coma um sanduíche de lingüiça
É um lanche típico da região. O sanduíche de linguiça do argentino e um guaraná. Outra comida típica é o biscoito Globo com Mate, daqueles vendidos num tonel de metal, e que diz a lenda, é feito de água suja. Nunca ninguém morreu.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s