Confissões de pretendente

Será que devemos contar nossos piores gostos no primeiro encontro? Outro dia um amigo nosso confessou para a namorada que era viciado em Friends.
– Eu não sabia que você gostava….
– Claro, você acha que eu ia dizer isso no primeiro encontro? Imagine se eu te falasse algo do tipo: sair sábado? Não, vamos ficarem casa vendo os episódios que eu tenho gravado! Eu adoro o Joey
É, definitivamente não ia pegar bem. Ela poderia achar que eles tinham incompatibilidade de gênios. Afinal, ela prefiria o Chandler!
Claro, não podemos ir escancarando nossa intimidade logo nos primeiros encontros! Afinal, sabemos como é difícil arrumar um bom pretê. Não que tenhamos que ser falsas, ou fingirmos que somos quem não somos. Só que há necessidade de expor certos detalhes da sua vida. Como, por exemplo, você gostar de KLB. Claro que quando o romance estiver um pouco mais consolidado, você pode até confessar. O rapaz vai achar engraçado, pode até usar isso para te sacanear pelo resto da vida. Mas então, vocês já terão a cumplicidade que a intimidade pede.
Por isso, baseada no bom senso, elaborei uma série de assuntos-tabus.
Gostos musicais péssimos Mesmo as pessoas mais sofisticadas e de bom gosto, metidas a DJs, gostam de alguma horrível, que elas sabem que é horrível, mas que elas gostam assim mesmo. Não pense que vai impressionar ninguém gostando de algo que todo mundo odeia (tipo o cantor Daniel) só porque a unanimidade é burra, etc.
Vícios caseiros Você tem mania de deixar as calcinhas penduradas no banheiro. A casa é sua, você é quem paga o aluguel e as calcinhas também foram adquiridas graças ao seu esforço. E você ainda as lava! Mas na primeira vez que o pretê for no seu lar-doce-lar, não custa dar uma penduradinhas básica no varal. Só na primeira vez, vai!

alimentares estranhos
Ele não precisa saber que você gosta de comer ovo cru com um pouco de sal. Tá, gemada faz um bem danado à saúde. E daí?

Revelações de passado negro
Você era molestada pelo vizinho. Você namorou alguém horrível e repulsivo. Você achava que era frígida. Você era drogada e prostituída, e gostava de levar porrada. E daí? Passado é passado!

Coisas corporais bizarras
Claro que posso ser acusada de tabu de corpo. Mas não acho necessário compartilhar com o amado informações do tipo: você teve um furúnculo horrível na coxa e tirou você mesma o carnegão. Eca!

Ps.1: Não é preciso ser falsa e inventar o seu passado, omitir quem  são os membros da sua família. Mas é que o mercado anda muito difícil para a gente perder um bom pretê por causa de um comentário estúpido.
P.s.2: Quero deixar claro que o exemplo KLB é absolutamente hipotético. E que Friends não chegar a ser um bom exemplo também, porque não há a menor possibilidade de alguém achar que gostar de Friends denigre a imagem de alguém. Quer dizer, essas pessoas devem existir, mas elas não merecem o nosso amor!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s