O intuito maligno de achar bonitinhos

Porque você pode sofrer se for atacada por isso!Primeiro, vamos a um pouco de vocabulário.
Bonitinho: Abreviação de Garoto Bonitinho. Nome dado a um pretê, que geralmente não é um garoto e muitas vezes também nem é MUUUITO bonito. Mas é muito interessante e também não é feio. Não é adjetivo e sim substantivo. Diz-se um bonitinho. Plural, bonitinhos. Nominho inventado por nós que é um prato cheio para qualquer psicólogo, que usa a nossa mania para nos acusar de falta de maturidade. Um triste fim para uma gíria tão fofa! Por isso, passamos a falar apenas bonitinho. (Até porque aquele quarentão-pretê não pode ser chamado de garoto!)
Intuito: uma vontade, um  desejo (no caso) louco, tipo um comichão.
Intuito de achar bonitinhos: uma vontade natural e legítima de encontrar carinhas legais. Intuito malígno de achar bonitinhos: Um comichão do mal que te atinge e você fica obcecada em esbarrar em garotos não tão lindos a ponto de serem chamados de bonitões mas incrivelmente interessantes! Entenderam?!
Isto posto, prossigamos!  O Intuito malígno de achar bonitinhos, na literatura médica chamado de IMAB, é um comportamento ridículo que faz você achar o mundo um saco, caso você não seja atropelada por uma horda de bonitinhos galopantes. COmo se fosse possível encontrar uma dúzia deles a cada esquina. E como se o  resto da nossa vida não tivesse graça sem a existência destes. (Tem?)
Exemplo básico: hoje eu tenho uma festa para ir. Mas quero ficar em casa vendo vídeo. Não, eu não sou uma ameba. ”
É que eu cheguei três e meia em casa todos os dias desde domingo (hoje é sábado) . Minha cota de baladas foi esgotada e não sinto a menor necessidade de festa. Mas…  e se estiver cheia de bonitinhos… Será que eu vou?
Fudeu! Você foi pega pelo IMAB e vai sair de casa com este objetivo. Caso isso não se concretize, voltará para casa irritada. É um clássico do rock: você entra na festa da amiga, dá aquela escaneada básica no ambiente e percebe que não tem nenhum bonitinho. E começa a pensar na sua cama fofinha, seu edredon, você dançando de calcinha na sala, sozinha! Então, volta para casa meio de TPM e não sabe porque.
Atenção, IMAB não é Complexo de Cinderela. Você não quer achar um príncipe, muitas vezes você não precisa nem ficar com ninguém. Não é dar uma de tarada ou ir à caça. É apenas querer ficar rodeada de bonitinhos, uma coisa lúdica, um parque de diversões, como se os bonitinhos fossem manifestações da existências de deus! Um ato de fé! Os bonitinhos floreiam a nossa vida! (Claro que também não somos contra envolvimentos com hordas de bonitinhos. Muito pelo contrário. Só para explicar que encontrar bonitinhos não é a mesma coisa que vagar em busca do amor ou do sexo.
Só que nem sempre tem. Por isso, se você está com IMAB e quer sair por conta disso, contenha-se! E fique em casa. Espere uma outra oportunidade quando, talvez,  você saia de casa desavisada e quando suas amigas perguntarem como foi… você falará a frase mágica: FOI ÓTIMO, ESTAVA CHEIO DE BONITINHOS!
P.S.: Isso também não significa que você não possa sair achando que sua noite vai ser legal pra caralho! E que talvez você encontre um bonit.. Bem, deixa pra lá! (Não sei ainda se seu vou na festa ou não!)
P.S.: Eu não fui na festa. E soube que alguns bonitinhos chegaram, mas quatro da manhã!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s