A linguagem porosa dos casais

Por que pessoas apaixonadas falam outra língua?”    Casais são pessoas estranhas. Depois de algum tempo, a linguagem da dupla começa a mudar. Todo um mundo de palavras novas. Mas que só os dois entendem. E que são extremamente porosas*. Do tipo que você tem vontade de gritar na hora que entende o significado.
Todos já devem ter presenciado a linguagem porosa em ação. Você está tranquilo, na sua, quando um casal amigo solta a pérola: Mô, vamos papá gotosinho? Argh!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Por que eles têm que usar essas palavras bizarras, com diminutivos e interpretações livres? Por que não usar a língua portuguesa, tão bonita e cheia de adjetivos?
Uma coisa ainda mais estranha da linguagem porosa dos casais é que eles ficam falando termos desconhecidos na nossa frente. Como se a gente soubesse o que eles estão dizendo. Nem se importam de parecerem pessoas meio retardadas, unidos num casulo em que se fala a linguagem das borboletas!
E o pior, é que quando você vira um casal tem muitas chances de aderir a linguagem da porosidade! Quando você percebe já está chamando seu pretê por diminutivos, quase na frente dos alheios! Um mico leão dourado total.
Por isso, quando seu pretê estiver te chamando de nenê, pare tudo! Diga que acha melhor não ser chamada assim, porque senão você pode ser contagiada pela porosidade e começar a chamá-lo de tchutchuco. E isso seria o fim.
*Porosidade: ato gosmento feito por uma pessoa ou um casal. Tipo: ficar se chamando de totoso na frente dos outros.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s