O mundo paralelo dos salões de beleza

Saiba como se comportar nesse universoOs salões de beleza são um mundo paralelo. Quando você vai a um deles, parece que atravessou um portal, e começa a falar sobre assuntos que nunca falou, se comportar de forma estranha e achar cores bizarras bonitas. Tipo vermelho apurpurinado. A primeira lembrança que tenho de um salão de beleza é de um que a minha mãe frequentava e que era chiquérrimo e tinha apresentações de dança de salão e garçons servindo champagnes em taças.
Quando você cresce e passa a frequentar os seus próprios salões, descobre que a vida não é feita de salões com champagne. E que você só tem dinheiro para ir em bibocas que tem promoções de depilação de terça à quarta. Mas que mesmo assim é divertido.
Porque quando você está num salão fazendo a unha (ou pintando o cabelo, ou fazendo depilação), você entra no espírito do salão. E começa a se tornar uma mulher do salão. O que inclui ter papos sobre a ameaça da hepatite C nas toalhas úmidas! Sim, as freguesas adoram papear sobre coisas bizarras e impressionantes. Que incluem o surto de hepatite C. E que inclusive elas conhecem pessoas que têm a doença e se transformaram num vegetal. Nessa hora, você começa a olhar com desconfiança para a sua manicure e sua toalha e pensar que devia ter tirado as cutículas em casa.
As leituras do salão também são um caso à parte. Além de você botar a sua leitura fútil em dia, lendo todas as Contigos, Caras e revistas de fofoca do gênero, você pode ler revistas sobre cortes de cabelo. Esse é um dos melhores passatempos. Vários cortes horríveis, que você fica vendo e pensando que não deveria cortar o cabelo, afinal, ele está melhor do que qualquer um que você viu.
Depois que você já quase desistiu de cortar o cabelo, pode pegar uma revistinha de produtos Avon. Isso também é um clássico dos salões. Você fica folheando e pensando em comprar vários cremes para rugas. Daí alguém sempre fala: Esse creme é ótimo! Minha vó passou e a pele dela está bem melhor!E você, burra, acredita e compra logo dois! Uma pra manhã e um pra noite. Que é lógico, vai usar três vezes e esquecer encalhado no banheiro.
Mas o melhor dos salões é o papo com as manicures, depiladores e pessoas que fazem chapinha. Aí sim, você entra no universo paralelo. Numa das últimas vezes, o cara que fazia chapinha disse que conhecia o primo de uma pessoa da Casa dos Artistas. E que a família deles era muito boa. E uma vez, conversei com uma depiladora que tinha uma cobra de estimação. E como a casa dela era muito pequena, ela deixava a cobra morando no carro! Universo paralelo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s