Uma mulherzinha de scarpin!

Como um sapato de salto altinho pode mudar a sua vidaEu comprei um scarpin bege. A minha amiga stylist disse que aquilo não era um scarpin, mas sim um sapato Chanel. O que importa para mim é que ele é bege e tem bico fino. E ainda um daqueles saltinhos fininhos.
Essa foi uma grande mudança em minha vida. Inclusive porque eu sempre fui uma garota bota, coturno, tênis e, no máximo uma plataforma pesada. Até a minha mãe se assustou quando percebeu que eu ia mesmo comprar aquele modelo mulherzinha da loja.
Sim, esse sapato virou tipo um sapato da cinderela e tomei amor por ele. Quando o coloco, sinto-me uma mulher delicada e chique, nada a ver com a nerd intelectual que eu acho que eu sou algumas vezes. E o melhor é que com ele eu nem preciso de um príncipe encantado para encontrar o outro sapatinho. Inclusive porque eu não acredito em príncipe, como eu acho que vocês já sabem.
Mas acredito em modelos. Na autosugestão das roupas. Tanto que já decidi: agora vou comprar um scarpin branco. Estou me sentindo muito mulherzinha. Até porque descobri um talento exclusivo dentro de mim. Eu sei andar de salto alto. E do alto dele, sei dançar e fazer os discursos existencialistas de sempre. Uma mulher nouvelle vague sim. Mas delicada. Algumas vezes.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s