Vocês não sabem a dor de um pé no saco!

Segundo Rola, é pior que levar pé na bundaUma vez sonhei que a Wendy O. Willians, aquela braba que era vocalista
dos Plasmatics estava jogando futebol num presídio feminino. Daí ela
começava a discutir com uma outra jogadora e dava um chute no meio do saco dela. Ok gente, era sonho. A mulher devia ter saco. A cena foi extremamente impactante pra mim. Mas no sonho, ninguém demonstrava a menor reação, como se só eu estivesse sentindo a revolta por ter visto aquela violência.  Eu ficava lá, mais transtornado que a vítima e todas as pessoas ficavam me olhando com aquela cara de Porque você está tão aflito?
Esse foi um sonho muito emblemático na minha vida e esclarece um
bocado do porque deu estar aqui representando a raça masculina num site dominado por meninas:  as mulheres não sabem a dor de um chute no saco!
Eu sempre ouvi elas reclamando que a dor do parto isso, que a dor do
parto aquilo… Eu imagino que parir, embora lindo, deva ser heróico,
pra não dizer dolorido. E agradeço todos os dias não ter que ser eu a parte do casal destinada a esse papel, pois eu tenho nervoso até friozinho de estetoscópio.
Também já ouvi muito as  mulheres falarem da dor de um coração partido, de  uma perda. Mas isso não é exclusividade das meninas. Eu já senti isso. Já perdi muitas coisas. Aliás,eu perco tantas coisas que o correio deveria ter uma seção de achados e perdidos exclusiva para mim. E eu não estou falando da vez que perdi a foto que eu tirei que com o Mel Brooks ou aquela fita dos Batutinhas autografada pelo Lux Interior, do Cramps. Estou falando de rombos deixados no meu coração. Mas eu sobrevivi a todos e acho que a maioria  das mulheres está equipada para isso também. Elas costumam sofrer mais por homens do que deveriam. Garanto que a maioria deles pode ser substituído, com vantagens, por um  pavê de bombom do Papa Fina ou um Haagen Dazs de doce de leite.
De resto, ambos os sexos compartilham das dores do mundo com a mesma  intensidade.  Homens e mulheres sentem igual a um tratamento de canal.
Mas eu não acredito que uma mulher possa um dia dimensionar a degradante sensação do choque de um ovo contra o outro conseqüente de uma bicuda no meio do saco Vou aqui tentar humildemente descrever  a dor de golpe nos testículos: não é como uma dor muscular, localizada.  Ela sobe com um raio gélido, uma estalagmite pontuda , irrefreável e atinge diretamente o âmago de seu ser.Imediatamente um choque anafilático visita cada fibra de seu corpo inflingindo a penitência máxima jamais experimentada. Nem um poro escapa da dor. No auge do desespero, você é tomado por uma vertigem inversa, seu epicentro está ruindo. Toda a sua masculinidade e seu orgulho, conquistado e defendido a duras penas diariamente,  desmoronam em milésimos de segundos lá do alto, que nem o Palace 2. Imediatamente, você é possuído por uma depressão fulminate que te faz sentir o menor de todos os merdas, destituído de todas as suas qualidades humanas. Um chute no saco é um pontada na alma, um empalamento moral, um …um…
Desisto. Assim como nunca vou entender completamente como é aquele
calorão interno que percorrre do primeiro fio de cabelo até a ponta do
dedinho do pé que as mulheres  citam na seção Fórum da Ele & Ela quando  descrevem um orgasmo múltiplo, não sei como uma pessoa
desprovida de testículos pode ter a mais a mais vaga idéia do que é levar um chute no meio das bolas. Só sei eu prefiro tomar um pé na bunda do que um chute no saco.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s