Bateram o telefone bem na minha cara!!!!

Doeu. E o pior é pensar que isso acontece, de um jeito ou de outro, quase todos os dias..Bateram o telefone bem na minha cara. Doeu o barulho que fez. Não desejo para ninguém um telefone batido na cara _apesar de já ter batido o telefone na cara de gente. Também me xingaram. Eu já xinguei pessoas. Mas é horrível quando xingam a gente. “”Ah, Nina, vai tomar no cu, não me enche””. E paft. O sujeito simplesmente bateu o telefone e me deixou olhando para o além. ”
“Reject. Os motivos não importam. Mas essa história do paft no meio da minha cara me fez pensar em um monte de coisas. Nelson Rodrigues deve ter escrito isso algum dia: “”não existe rejeição maior que um telefonema na cara””. ”
Fiquei pensando que muitas vezes fazem isso metaforicamente com a gente (quantas inúmeras vezes, meu deus).
Nossa mãe bate o telefone na nossa cara quando diz que a gente precisa casar.
-Aquele primeiro cara que você achou bonito na vida, quando tinha 12 anos, bateu o telefone na sua cara ao nunca olhar para você e preferir aquela loira imbecil.
-Bateram o telefone na sua cara quando não te colocaram na lista das dez garotas mais bonitas da classe.
-Bateram o telefone na sua cara quando disseram que você bem que podia emagrecer.
-O seu professor de química bateu o telefone na sua cara quando disse bem alto que você provavelmente ia ficar de recuperação.
“É sempre. A verdade é que quase toda semana alguém bate uma porra de um telefone na nossa cara. E o argumento é que a gente é que procurou. “”Quem mandou não conseguir entender nada de química?””, “”Quem mandou não saber fazer jogos de romance?””. Paft.O barulho dói. Mas a cada batida de telefone na cara deve ter alguém esperando por um telefonema nosso. Tinha o professor de química, mas tinha a de literatura, que sempre me elogiava em público. A vida é assim mesmo. Chega de paft. Agora eu desejo para vocês uns triiiiins. Do bem

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s