Para que serve o casamento?

Será que é só para mostrar para o mundo que agora você tem dono?Sinceramente, não sei. Para fazer uma festa grande, reunir a família, mostrar para todo o mundo que você já saiu daquela vida desregrada de solteira e hoje tem obrigações com seu marido? Pode até ser. Mas essas razões não me convencem.”
Não tenho nada contra o casamento, tanto no cartório quanto na igreja. Mas também nada tenho a favor. É uma cerimônia totalmente desnecessária, que só mostra para seus pais, amigos, igreja e a sociedade, de uma maneira geral, que você já cresceu e hoje é uma menina madura e pode viver sem ter papai e mamãe para te proteger.
Entendo que, para muitos, principalmente os que seguem uma religião, o casamento é uma etapa importantíssima na vida, como se fosse um ritual de passagem. É deixar Deus intermediar toda a celebração e fazer do casamento uma união abençoada e declarada eterna. Muitas vezes, eterna por alguns anos…
Mas, por que tudo isso? O que umas declarações diante de uma igreja cheia de gente e uma aliança de ouro têm de tão especial que ainda cativam as pessoas a oficializar a união? Quer dizer que se não houver a cerimônia a união não é oficial? Se você gosta de uma pessoa o suficiente para querer passar toda a sua vida com ela, por que não satisfazer essa vontade, juntar os trapinhos e morar junto? O que pode ser mais oficial do que isso? Sim, as coisas podem ser mais simples.
“Vamos tomar um exemplo. Duas pessoas se amam. O amor é tão grande que elas querem viver juntas todos os momentos de suas vidas, compartilhar tristezas e alegrias, ter filhos e ser felizes. Mas, não são esses os compromissos que o casal deve assumir diante do juiz de paz ou da igreja antes do famoso “”sim””? A partir do momento que essas duas pessoas decidem viver juntas, elas já podem se considerar casadas. Essa união é muito mais forte do que qualquer certidão ou bênção. É uma aliança feita com o coração, e não aquela que se carrega no dedo anular da mão esquerda.  ”
Por isso que o casamento, para mim, é desnecessário. É uma maneira de tornar legal a união de duas pessoas, esfregar na cara de todo mundo que você tem dono e que, daqui em diante, não é mais considerada perigo por ser solteira. E só.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s