A saga do cabelo comprido

Será que nunca vamos ficar satisfeitas com nossas madeixas? Eu decidi deixar meu cabelo crescer. Tenho cabelo curto/médio há anos e resolvi que queria ele um pouco mais comprido. Afinal, a idade vai chegando e só dá pra fazer isso agora. Porque eu não quero ser uma mulher mais velha com cabelão. Acho estranho.”
Bom, depois de uns três anos na minha tentativa de deixar o cabelo crescer, me segurando para cortá-lo, não conseguindo, cortando e tendo que esperar mais, acho que agora ele está com uma aparência de cabelo comprido. Não compridão, no meio das costas. Mas um pouco mais comprido. O suficiente para fazer um rabo de cavalo.
Só que ao ver uma foto com o novo visual…eu odiei! Achei o cabelo comprido totalmente cafona, sem corte, meio mullet. Eu sei que ainda não está com o corte ideal, ainda precisa crescer mais um pouco para fazer alguma coisa (ainda estou me recuperando de corte errado feito um pouco antes do Natal) e que tudo pode melhorar. Mas será que vai ficar mais ou menos com essa aparência?
No dia da decepção com o cabelo comprido, sonhei na mesma noite que estava com o cabelo curto. E com franja! E que tinha ficado ótimo. É óbvio que depois de toda essa penação capilar eu não vou cortar meu cabelo curto agora. Vou ter que encarar a fase cabelão pelo menos mais um pouco.
Mas cheguei a uma conclusão: será que as mulheres que têm o cabelo comprido querem tê-los curtos e vice-versa? Que as cacheadas querem lisos e as lisas mais volume? Será que pelo menos as loiras estão satisfeitas, ou querem clarear ainda mais seus tufos? Se for isso, vamos passar uma vida inteira convivendo com o inferno capilar!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s