A emotiva

Quando você chora por tudo. Não é hormonal (ou, pelo menos, é o que você acha, já que falta muito para chegar a TPM). A verdade”
“é que ando meio emotiva. O ápice foi chorar vendo Big Brother, num clipe que mostrava “”o valor” “da amizade””. Eu quase já tinha chorado no mesmo dia, no Jornal Nacional, numa reportagem sobre” uma família brasileira que tinha sido expulsa da França. E depois, quase chorei de novo no Jornal da Globo, numa matéria sobre o desemprego, em que um soldador ficava cantando um blues. Mas o cúmulo mesmo foi chorar outro dia vendo orfãos de macacos.
Num mundo em que devemos ser espertas e superiores, é muito dificíl ver que você se transformou numa emotiva de quinta. O próximo passo é chorar em comercial de carro.
“Ah! Mas eu choro na “”vida real”” também. Em discussões de relacionamento (não é golpe baixo, é mais forte do que”meu autocontrole). Quando estou muito feliz. Ou quando estou fazendo uma via-crucis para
comprar ladrilhos na minha obra e acho que não vou dar conta de fazer tudo sozinha.
Chorar é bom, pois limpa os canais lacrimais e dizem que faz bem a pele. Mas na Terra de Gigantes, você sempre vai achar que está descompensada. Acho que na verdade, o que eu devia fazer é parar de ver televisão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s