A mulher e a destreza manual

E o desafio de ligar um computador e uma Internet!
Mulheres nunca foram muito boas com trabalhos manuais. Nem com a montagem e mecânica em geral. Também nunca tivemos saco de ler o manual de instruções para descobrir como fazer.
Mas isso não é um lapso ou preguiça do nosso gênero. É uma coisa genética. Pelo menos foi isso que eu vi ontem num documentário que passou no canal a cabo de madrugada. Meninos tem mais destreza manual e coordenação motora. Sabem montar coisas com mais facilidade do que as meninas. É genético.
E as meninas? Bom, elas entendem melhor os humanos e suas relações. Deve ser por isso que adoramos uma boa DR. Enquanto os homens querem brincar de Autorama, as mulheres preferem brincar de boneca e inventar uma longa história, com direito a roteiro e tudo.
Mas desafiando a nossa genética, ontem à noite, provei que não é bem assim. Que mesmo sem o gene do empreendimento mecânico, eu conseguiria sim, religar o computador, a Internet e a TV a cabo. Sozinha. Sem pretê ou aquela amiga mais experiente nesses assuntos para ajudar.
Lógico que antes disso surtei e quase chamei o homem do suporte para me ajudar. Mas depois pensei que seria muito humilhante pagar para ele ligar a Internet. Que podia fazer isso sozinha. Quer dizer, não era apenas ligar a Internet. Era liga o Speedy. O que é bem diferente. Depois de uma hora tentando, resolvi apelar e ligar para o atendimento ao cliente.
Como o atendimento também não resolvia (veja bem, era um homem que estava me atendendo), eles agendaram uma visita. Nas próximas 48 horas, senhora, e deve ter alguém em casa, disse o atendente. Mas a possibilidade de fazer um plantão para esperar o homem do Speedy me fez conseguir ligá-lo! Não junto com o telefone, o que seria o normal. Ou o Speedy ou o telefone. Mas já foi um começo.
Depois, com a experiência na área de computação adquirida, fui religar a TV, o vídeo-cassete e a TV a cabo. Três aparelhos de uma só vez. E descobri que essas coisas que atarracham, tipo antena, são infernais! Você nunca sabe para que lado rodar e sempre fica horas rodando para o lado errado. Mas depois de muito atarrachar, finalmente consegui. E pude ver o documentário que elucidava tudo sobre minhas dificuldades com tarrachas de antenas e cabos de computador. É tudo culpa dos genes!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s