As técnicas avançadas de não motivação das mães

Por favor, não escutem as suas mães! Eu não sei como é a mãe de vocês, mas preciso falar que se eu tivesse ouvido a minha não estaria aqui escrevendo neste site. Sim, porque se eu tivesse dito para ela: “”quando eu crescer vou escrever umas crônicas””, teria ouvido o que sempre escutava quando falava que queria ser escritora ou cantora (calma, eu era criança): “”Ser escritora é aquilo que todo mundo quer fazer mas ninguém consegue””.”
Esse mantra me acompanhou a vida inteira. Será que existe uma coisa que todo mundo quer e ninguém consegue? Ainda bem que eu nunca acreditei nela. Preferi ouvir o Renato Russo, meu ídolo na época, que falava que quem acredita sempre alcança.
Depois que eu provei que consegui algumas coisas, ela continua achando que eu não vou conseguir. Qualquer boa notícia que envolva risco é recebida por uma voz temerosa e angustiada do outro lado da linha. E toda coisa boa envolve riscos, como se sabe.
“Outra frase mantra da minha mãe é: “”nossa, que loucura, isso””. Só que o tom é preocupado. E as minhas loucuras geralmente são prazo apertado para entregar um trabalho, um novo projeto que rolou, a vontade de me mudar para um apartamento melhor. Eu fico imaginando como seria se eu surtasse e cometesse alguma loucura de verdade um dia. ”
Acho que não ia fazer diferença. Porque loucura é eu fazer o que eu quero, não o que ela quer. A loucura mais saudável que já cometi em toda a minha vida.
A outra foi aprender a enxugar o rosto sozinha cada vez que ela me joga um balde de água fria na cara. Melhor pra mim.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s