Cry me a river

O que os homens não sabem sobre o choro feminino. Dizem que homem não aguenta ver mulher chorando.
Pode até ser, embora tenha já me debulhado em lágrimas na frente de alguns  e… nada! No máximo eles pedem que você fique calma. E muitas vezes você está calma. Choro não é sinônimo de histeria ou coisa de gente que sofre nos nervos.
É só água saindo pelos seus olhos, misturada com algumas substâncias
e muita emoção. E até acalma o coração. Se não chorássemos, poderíamos fazer coisas piores. Tipo dar socos. Pescotapas. Cometer suicídio ou dançar a macarena por puro surto.
Por isso, lutarei até a morte pelo direito de chorar. Chorar muito, daqueles choros que terminam em cara inchada e soluços. Que pedem óculos escuros. Afinal, faz bem para a pele e se você tomar um litro de água depois do choro, terá recuperado todo o líquido que perdeu. E liberado algumas toxinas, é claro!
Não choramos para fazer draminha.
Não choramos para fazer uma cena
Choramos apenas porque não conseguimos conter as lágrimas
e quando olhamos, estamos vazando! É pura emoção – e, em alguns casos, um pouco hormonal.
Choramos quando estamos com o coração partido.
Mas também choramos em filmes sobre garotas de 10 anos que encantam baleias.
Choramos quando somos maltratadas pelo mecânico.
Mas também choramos de felicidade por ouvir uma música foda.
Claro que em algums momentos é bom segurar as lágrimas. Como, por exemplo, na frente do mecânico e do chefe.
Mas se não podermos chorar vamos nos transformar na coisa mais repugante de todas: seres humanos cool.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s