Movimento pela preservação da espécie humana

Sim, a espécie humana é você! A gente vive dizendo aqui que é para liberar o mosh. Claro, continuaremos falando isso até quando formos velhinhas. Mas, em algumas horas, tudo o que você sabe que deve fazer é se auto-preservar. Isso acontece depois que você percebe que a sua vida meio que virou a música “”Last Night””, dos Strokes. “”Last night, she said, oh, I´m feel so down””. Tudo muito bonito, mas muito pesado também. Nessa hora, sim, é preciso puxar o freio de mão e se preservar(uma palavra chata pra caramba, mas que vai ser repetida ao longo desse texto, desculpem)   . ”
Se auto-preservar é uma coisa difícil se você é solteira, mora em São Paulo e tem os amigos (maravilhosos) que eu tenho. Eles vão tentar te levar para baladas. Baladas onde têm bofes. E parte do seu plano de recuperação deve incluir não se envolver com indivíduos do sexo oposto (pelo menos por uma semana). Como dizer não? Dizendo, amores! Se está sem estrutura emocional, não, não saia. E não, não dê.
Melhor gastar seu tempo livre indo jantar com amigos queridos, cinema. Bar dos Bonitinhos Roqueiros? Sim, mas só com amigos muuito queridos por perto. Festa que vai virar histeria coletiva… pule fora!
A histeria coletiva faz mal para quem está em um momento de preservação da espécie. Melhor ir com calma. Mais fácil melhorar indo na terapia e escolhendo a roupa certa para ir trabalhar. Sim, porque depois de noites onde você é a garota que diz que se sente tão downnn, nem saber o que vestir você sabe.
O bom do Movimento pela Preservação da Espécie Humana é que ele não dura pra sempre. Depois que você tiver se preservado o bastante, vai liberar o mosh de novo, talvez caia com a cara no chão, aí vai entrar numas de virar uma chata que repete a palavra preservar. Até o próximo mosh. Até o próximo bofe. Um ciclo sem fim, que faz parte da vida. E que talvez nunca acabe.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s