A vingança dos freaks

Porque quem é um adolescente problemático cresce. E vira uma pessoa (mais ou menos) feliz. Eu já contei aqui mas vou contar de novo. Quando eu era adolescente, meu apelido era Maria Alcina (porque o meu cabelo era máquina 2). Eu era considerada a pessoa mais louca (ou uma das, os outros eram os meus amigos) da cidade pequena onde morava. Sempre fui a problemática da família. Isso era cruel.
O cara me diz que usava cabelo moicano verde. Ninguém entendia como alguém assim conseguiria ser um profissional sério. Encanamos no assunto.
“Pergunto para um amigo, no meio do clube, gente dançando feliz. “”Como você era adolescente?””. Em dois minitos ele responde: eu era uma bichinha gordinha de óculos, que sentava na primeira fila e era amigo dos professores. ”
“Tá, éramos os malucos, os esquisitos. Olho em volta para os amigos e começo a me perguntar. “”Como era a adolescência do Dudu?”” “”Como era a adolescência da Cláudia?””.
Éramos todos esquisitos, provavelmente. Ainda somos (que fique claro). Mas naquela época isso fazia a gente sofrer.
Acontece que um dia os esquisitos crescem. E eles aparecem com tanta vontade de mostrar que não são uma aberração (não, não vamos nos adaptar, mas também não vamos deixar essa gente nos matar) que conquistam o mundo.
Calma! É um plano de conquista modesto. Provamos que trabalhamos direito, viramos até exemplo para a família (olha, quando crescer, seja como a sua prima). As pessoas passam nos amar na cidade do interior onde crescemos.
E o que acontece com a gente? No caso, eu e o cara gargalhamos. Estamos vingados. E depois disso (e por causa disso) vamos dançar.
“Um dia eu continuo, porque o assunto é longo…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s