Inverno triste

Chegou a estação da melancolia
A melhor coisa do inverno é ficar debaixo das cobertas enrolado juntinho da sua pessoa amada. Pernas e braços tudo misturado, não dá para ver onde acaba o joelho de um e termina  cotovelo do outro. Nem é preciso ativar sua mão-boba, até porque você nem sabe onde está sua mão, perdida naquela bagunça de cobertores, mantinhas e travesseiros. Nem é preciso sexo. O bom é ficar hibernado, como um casal de ursos felizes. De preferência um urso que assine TV a cabo e tenha um DVD. Neste caso, todo cuidado é pouco com o controle remoto, senão ele se perde no buraco negro da sua cama e você só vai conseguir encontrá-lo quando o verão chegar. ”
Já para os sozinhos, o inverno é uma estação triste. Os sozinhos podem assinar o melhor cabo do planeta, assistir os filmes que ainda nem chegaram aos cinemas numa tela de plasma gigante, toda aquela parafernália louca.  Os sozinhos podem até se dedicar ao intelectualismo. Ler as obras completas de um Pessoa crente que, quando vier a primavera, estarão bem mais sabidos.
“Tudo em vão. O inverno, para os sozinhos, é realmente frio. E quando você percebe que seus grandes amigos são os funcionários da locadora – e, o pior: você vê os filmes que eles sugerem! – é hora de se afundar ainda mais nas cobertas. E só sair de lá nas primeiras flores da outra estação

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s