Socorro não estou sentindo nada

Ou: porque desencanar é chatoPrimeiro veio a paixão.
Foram noites e dias de sexo selvagem. Serotonina nas alturas. Aquela pouca-vergonha deliciosa antes até de ir para firma. Planos de filhos e de viagens rumo ao Oriente. Vontade de sair pela rua de mãos dadas gritando para todo mundo ouvir: nós somos um casal ultra-cool!!!
Mas o tempo passou. O sexo ainda era ótimo, mas não havia mais a necessidade de soletrar todo o Kama-Sutra pela manhã. Também não saíamos gritando mais que éramos um casal mega-tudo: isso foi substituído por confissões ao pé-do-ouvido. De vez em quando ainda enlouquecíamos e andávamos de carro pelo Aterro do Flamengo ouvindo Roberto Carlos nas alturas, canções escolhidas para trilha sonora do nosso amor.
Depois vieram as brigas. A troca de agressões. Os surtos. A separação. As noites de choro e de interurbanos para pedir colo. As viagens solitárias para Buenos Aires para mostrar que a vida ainda podia ser legal.  O mergulho de descarrego na Baía de Todos os Santos. As festas bombásticas para esquecer que um dia você acreditou que o mundo era divino e maravilhoso. Vieram as baladas loucas.
Muito confete mas, o coração batendo triste. Como seria bom que tivesse dado certo.
Até que um dia você desencana. Quando se sofre por amor, o que mais desejamos é que chegue este momento: de que a dor passe. E tudo passa. Só que você não está sentindo nada: nem amor, nem ódio, nem mágoa, nem tristeza. Não existem novos amores. Nem o sentimento de vingança para dar algum sentido à sua vida. A única pessoa que te quer no mundo é o Charles Aznavour.
Desencanar é uma merda.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s