O glamour da bolsa carteira

E a falta de jeito! Bolsa-carteiras lindas. São chiques. Elegantes. No dia em que que eu acordar e tiver me transformado na Carolina Herrera, vou comprar uma e sair por aí.
“Outro dia mesmo, eu fui a uma festinha ótima de house e apareceu uma mulher ótima com um modelo ótimo e uma bolsa-carteira ótima. Fiquei pensando assim, no meio da pista –  enquanto a mulher-ótima desaparecia e aparecia um garoto ótimo: “”como alguém consegue usar uma bolsa-carteira na festinha de house?””
E lá ia ela, com uma bolsa carteira debaixo do braço. A dona do pedaço. Eu tinha ido de jeans, que jeans é prático para as festinhas porque você coloca a chave-do-carro  e da casa num bolso, os documentos e o dinheiro no outro. E o batom no bolso da frente e o celular no outro. Tudo certo. Ainda amarra um casaco caso faça frio. Tudo bem, você poderia ir mais glamourosa, mas é uma festinhas de house safada (no bom sentido) no centro da cidade. Preguiça de fazer super-modelão.
Daí você vai superbásica e passa uma mulher com uma bolsa carteira e você pensa: porque mesmo é que eu vim com um jeans furreca e um casaco péssimo amarrado na cintura?
E se eu andasse por aí como minha bolsa carteira?
Ia ficar pensando: será que estou segurando certo?
Ia ficar pensando  Será que estou super glamourosa e abafando?.
Se eu resolvesse dançar abanando as mãos para o alto no momento clímax da música deveria também levantar a carteira?
Poderia deixar a bolsa-carteira no chão enquanto dançava? E se alguém pisasse?
Por isso, viva o jeans five-pockets.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s