Todo romance sempre acaba mal

E se acaba bem é porque não acabou. Ou não existiu. Toda história de amor (mesmo se o amor for camuflaro, escondido e reprimido) sempre acaba mal. Se acaba bem, é porque não acabou. Ou nem aconteceu.

“Não existe possibilidade de um romance acabar bem. Existe, sim, a mania de esconder sentimentos. A nossa época não suporta a manifestação de dor. A dor precisa ser cosmética, disfarçada. Assim me cantou o companeheiro Gilles Lipowetski, no livro “”A Era do Vazio””, que devia ser leitura obrigatória para quem sofre. E principalmente para quem finge que não sofre. ”

A falta dói, a saudade dói. A impossibilidade do amor dói mais que tudo nesse mundo.

Por isso, nenhum romance pode acabar bem.

Quando acaba a gente sente raiva do outro porque não deu certo, a gente sente raiva da gente porque não deu certo.

Impossível acabar uma história de amor e continuar ao lado da pessoa como amigo, como se o amor não tivesse dado errado e isso não doesse.

Se a sua história de amor acabou bem, desculpa, mas ela não acabou.

Quando acaba dói mesmo. Dói no fundo da alma. Cada dia menos, mas dói.

Até que um dia passa. E quando passa a gente pode olhar para o outro sem aquela frustração. A gente pode tentar ser amigo, ter carinho etc.

Mas isso demora.

“Porque toda história de amor (mesmo as que têm pouco amor) acabam. Mal.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s