Draminhas nada dramáticos 1

Por Jô Hallack

Dia dois pais é aquele drama

Muito pior do que o dia das mães na hora da escolha dos presentes.

Porque mães são como nós: peruas incondicionais. Pai não. A não ser o seu pai seja o personagem da Gaiola das Loucas.

Para mãe, você pode dar uma bolsa nova, um sapato novo, um creme novo. Pai não. Não dá para dar creminho para pai na esperada data. Ele pode se transformar num metrossexual e a culpa vai ser sua! Camisa você já deu no ano passado. Casaco, no ano retrasado. Daí você começa a apelar: um bom cinto. Uma carteira. Acessórios marrons.

Você resolve ousar e entrar em lojas de streetwear. E percebe que vai comprar roupas que vão transformar seu pai no… André de Biasi.Tem pessoas que tem a sorte – como eu – de terem nascidas filhas de pais temáticos. Tipo pai que gosta de “Jornada da estrelas”. Aí você dá o DVD comemorativo. Depois o DVD comemorativo que só foi lançado na Coréia. E depois do DVD Premium Edição Limitada Especial Para Etíopes Surdos. E chega uma hora que você tem que mudar de tema. Porque não dá para comprar um uniforme trekker e transformar seu pai num idiota.

Socorro, estou sendo atacada por uma horda de carteiras marrons selvagens!!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s