O tempo passa

Há dois anos a vida se tornava mais complicada. Chegava um bebê sem manual de instrução, sem chá de bebê e sem curso para mães. Seis meses depois, a vida se tornava mais complicada ainda quando a mãe do bebê viu que teria que cuidar dele sozinho (obrigado senhor, por me dar a alzira!).

E daí o tempo passa. E você percebe como a vida ficou simples. Complicada, mas muiiiito simples.

– Com amigos queridos dando presentes fofos pra ele, como cds com músicas meio chatas; dvds fofos. Coleção de livrinhos. Chupeta do Nemo. Camisa fashion da Zara e tênis incrível camuflado. E também um bicho irritante que fala quando você aperta a barriga.

– Como é ótimo passar o sábado à noite vendo um filme da Sophia Loren com o Marcelo Mastroiani com os dois homens mais fofos do Brasil. Um que ainda não mede um metro e outro que tem bem mais de 1.80. E um gato chamado Erasmo.

– Que é ótimo ir à praia e ficar cavando um buraco pra virar piscina e ver a água entrar. Enquanto seus amigos correm atrás do bebê, que quer entrar no mar correndo.

– O quanto é legal acordar segunda cedo pra preparar as lembranças da festa de dois anos no colégio, com brindes vindos direto de Buenos Aires.

– E que vale a pena tornar tudo muito complicado pra ficar tudo simples e incrível depois.

(Raq Affonso)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s