Manifesto contra o homem supereficiente do ínicio do século

Nada como um homem que não sabe de tudo. Esses são os melhores. Abaixo a eficiência masculina do início do século. Chega de homens que acham que sabem cozinhar, arrumar seu computador e destravar o seu ipod . Abaixo os homens que acham que podem se meter até na maneira como você usa salto alto.

Vocês conseguem imaginar o Jean Paul Belmondo (muso eterno) arrumando o computador de uma moça, pendurando um quadro e fazendo a comida dela? Nunca! Belmondo olha isso tudo de canto de olho com o cigarro no canto da boca. Belmondo não reprimiria uma namorada por sua incapacidade de cozinhar ou lidar com aparelhos eletrônicos ou o que seja.

“Não sou muito bom com aparelhos”. Ouvi isso outro dia de um rapaz e ele só não ganhou um beijo na boca bem bom na hora porque a conversa foi por telefone. Chega de homens que (acham que) sabem tudo. Porque quem sabe oprime. Abaixo a opressão! Liberté, igualité e fraternité. De eficiente, basta a minha máquina de lavar.

(Por Nina Lemos)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s