Droga, eu decidi me irritar

Depois de viver intensamente a vida real por alguns dias, resolvi me irritar. Sim, num ataque de sabotagem explícita, fui lá e entrei no orkut de um idiota. Um idiota tão idiota que não merece uma crônica. Um fraco tão fraco que não merece fazer parte de nada daquilo que eu costumo chamar de minha vida. Mas sou louca e pensei assim: “vou entrar no orkut dele só para me irritar”. E me irritei. Vi a sedução barata de quem não vive de verdade. Vi que o fraco continua fraco e tive de novo a certeza de que homem que é homem chama na chincha e não seduz pelo orkut. Os melhores nem fazem parte do orkut, claro. Eles costumam ter mais o que fazer e mais coragem pra viver. A internet é a morada dos covardes, dos com falta de coragem para o não,dos falsos sedutores baratíssimos e dos aplicadores de 171 na vida.

Mas depois da vida intensa devo ter tido um acesso de autoboicote, claro. Alguém nos ensinou a sentir culpa depois de viver muito intensamente. Por isso domingo de noite decidi me irritar. E o pior é que a gente sempre consegue se irritar quando quer. E, hoje em dia, para isso, basta digitar um endereço no computador. Mas que droga! Porque você fez isso, heim, Nina?

(Por Nina Lemos)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s