Portunhol selvagem e Psicanálise selvagem

Meus amigos todos foram tomados por uma praga. Agorao meu mundo inteiro escreve em portunhol selvagem, um dialeto divulgado aqui no Brasil pelo Xico Sá e seus amigos paraguaios. Si, yo hablo portunhol selvagem muy bien, pero, na hora de escrever… acho muy difícil. Pero portunhol selvagem é assim. Não precisa saber direito, mas tem que ter convicção na hora de berrar (por escrito ou com a voz). Saiba mais e leia textos no idioma no http://www.carapuceiro.zip.net.

Pois bem, eu estava me sentindo meio excluída do portunhol selvagem, apesar de ser testemunha ocular da disseminação da praga em terras paulistanas. Mas na hora de escrever…tinha preguiça e achava chato.

Só que estava relendo a biogafia do Freud. E uma hora o autor diz que os psicanalistas da época da criação da grande ciência do seu Sigmund praticavam…PSICANÁLISE SELVAGEM! É assim: você sai analisando todo mundo, irresponsavelmente. Vira para um fulano e diz: “seu édipo é mal resolvido”. E para outro: “você precisa trabalhar melhor sua idéia de castração”. Um novo mundo se abriu para mim.

Yeah, eu hablo portunhol selvagem. E também sou praticante convicta da psicanálise selvagem. Mas ambas as práticas só valem por MSN ou em mesa de boteco. E se usted não entendeu nada, não tem problema. Não é pra entender mesmo. É tudo loucura. E brincadeira.

(Nina Lemos)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s