Senhorita Fragilidade

Ela mora ali nas suas entranhas e você gosta assim. Que ela fique por lá, bem longe da sua vista. Secretamente,torce para que um dia ela desapareça, seus ossinhos fracos, que ela lhe deixe, não perturbe, que ela finalmente suma. Mas a saúde é de ferro. Ela sempre aparece para uma visita. Então quebra seus copos, derruba os móveis, estraga a sua festa, mancha seu tapete. E quando você menos quer saber dela – nas convulsões, dores de amor, doenças, perdas, nos dias despedaçados – é aí mesmo que ela (e somente ela) lhe pega pela mão e lhe beija. “Eu te amo, muito, muito. E quero que você me ame também. Eu te amo demais”. Ainda que você raramente retribua a tanto amor e dedicação, você sabe que essa moça é a única que vai estar com você para sempre. E até o fim.

(por Jô Hallack)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s