A resistência

Assaltaram a gramática

Não vou poder mais usar a minha frase preferida e também todas frases preferidas que derivam dela.
“Eu tive uma idéia”
Ou então. “Eu tive uma idéia ótima”
E ainda: “Acabo de ter uma idéia incrível”, “Você não sabe a idéia que eu tive” e “Tive a melhor idéia do mundo”.

A nova revisão ortográfica acaba de ser implementada e a palavra idéia perdeu o acento. Tristeza. Contratei um grupo de carpideiras. Proponho uma greve geral. Uma atitude drástica. Sair correndo pelo centro com o corpo em chamas.

É um ditongo aberto e por isso não precisa de acento, dizendo os lingüistas. Precisam, seus lingüistas, precisam sim. Ditongos abertos, escancarados, arreganhados, têm que ter acento. Inclusive, os lingüistas, ao invés de ficaram por aí com suas mão ligeiras surrupiando acentos, deveriam instituir que a palavra idéia deveria ter seguida sempre de um ponto de exclamação. E ser escrita sempre em caixa alta. Isso mesmo. A resistência foi declarada.

TIVE UMA IDÉIA INCRÍVEL PARA TERMOS NOSSO ACENTO DE VOLTA!!!!!!!!!!!!

(Jô Hallack)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s