A amizade não tem sexo

“Você pode não tratar a fulana muito bem? É que a gente está com raiva dela. Depois te explico o motivo”. Não sei como esse amigo ainda me agüenta. Mas o fato é que ele riu, entendeu, disse que ia fazer o que eu pedi e respondeu:”ainda bem que você me avisou”.

E não era que a moça em questão tivesse me sacaneado, nada disso. Eu e minha amiga só achávamos naquela noite que ela não tinha sido muito legal com outra amiga nossa. Tudo isso para dizer que esse mito de que mulher não ama mulher é de uma babaquice imensa. Amamos. E é um amor enorme. E que ninguém se meta com as nossas queridas. A gente não vai brigar, claro que não. A gente é neo hippie. Mas vamos ajudar nossas amigas e sentir raiva de quem não foi bacana com elas. Exatamente como fazemos quando alguém não é legal com nossos amigos homens, gays, trans. Não, amizade não tem sexo.

A gente também não é mágoa de caboclo. Por isso, não alimentaremos essa raiva. Ficaremos atentas ao que vale nessa vida. Os novos e velhos amigos, os novos encontros, as músicas boas, as pistas de dança e as conversas. E claro, aproveitaremos o frio para tirar os casacos do armário e andar por aí com boas trilhas sonoras em nossos ouvidos.

PS.Ah, o título é uma homenagem a um filme antigo e lindo do Stephan Frears chamado “O amor não tem sexo”. Ou seja, é questão de gênero, não do ato. Fazer sexo com amigos é uma coisa que rola, sim.

(Nina Lemos)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s