Pra que se viaja?

No meio da viagem de férias uma frase do Sergio Santanna não saía da minha cabeça. “Para que se viaja? Para contar aos outros”. Deve ser isso. Cito de memória. Sim. Para contar aos outros e assim sentir que a gente existe. Mas uma coisa muito estranha aconteceu. Viajo faz três semanas e não tive vontade de escrever aqui. Só hoje, depois de sonhar que o 02 Neurônio tinha acabado (a louca) me prestei a sentar aqui fora, quase meia noite, em um café. Propositalmente do lado de fora apesar do frio só para ter a sensação de que posso ficar sozinha na rua com o meu computador meia noite sem achar que vão me roubar.

Para que se viaja? Para vagar, encontrar os amigos e ter sensações diferentes. Para ver gente passando de bicicleta na rua essa hora e saber que ninguém me conhece. Para que se viaja? Para escrever reflexões sem nexo como essa e sentir saudades súbitas de alguns amigos e mandar emails de amor. Deve ser para isso. Mas tudo o que sei, por enquanto, é que eu PRECISO viajar. Em todos os sentidos. E para saber que cada vez viajo menos na onda errada. Oh, yeah.

(Nina Lemos)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s