O apocalipse do show do Radiohead

Ir para um show de rock exige um certo esforço depois dos 30. Antes, você ia a qualquer lugar que tivesse alguém tocando 3 acordes. Hoje em dia, você pensa umas cinco vezes mesmo quando se trata da banda da sua vida, tipo o Radiohead. E toma uma grande xícara de café, antes de começar uma longa jornada para o tal evento.

Mas mesmo que você pensasse que o show pudesse ser uma roubada, você iria. Afinal, “Ok Computer” é um dos discos que você mais ouviu na sua vida. Mas mesmo que você pensasse o pior, você nunca imaginaria o que aconteceu no show de São Paulo, no domingo à noite. Porque por mais não-civilizado que você pense que um show de rock no Brasil pode ser, você não imagina que vai acontecer alguma coisa desse porte num show em que os organizadores cobram R$200 pelo ingresso.

Vamos aos fatos: você demorou 2 horas e meia para chegar até o show. E duas horas e meia para voltar do show. Ou seja: daria para ter ido para o Rio de carro para ver o show de lá! Com mais um pouco, daria para pegar um avião e ter ido ver o show no México, ou em qualquer outro país mais civilizado, tipo o Chipre, o Surimane ou o Paquistão.

Mas talvez os organizadores não tenham pensado nisso quando resolveram fazer o show num lugar sem estrutura. Ou contaram que fãs tão ardorosos como eu, não se importariam em parar o carro num estacionamento que era no meio de um matagal. E ficaram parados por uma hora e meia até conseguir sair, porque o estacionamento não tinha estrutura e deu um nó no trânsito. Mas eles tinham noção que os fãs pagariam R$35 para o tal estacionamento. E que na hora do nó no trânsito, todos os funcionários do tal estacionamento já tinham ido embora, afinal já eram quase duas horas da manhã, e eles deviam estar cansados de ganhar tanto dinheiro com otários como eu.

Tirando tudo isso, o show foi incrível. Todos os amigos foram, mas você não conseguiu encontrar ninguém porque os telefones não funcionavam em local tão ermo. A única coisa ruim, foi a certeza de que você nunca mais vai em shows em lugares roubadas. Ou talvez, isso tenha sido a melhor coisa.

(Raq Affonso)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s