Chega de isentos! Nada de boa-vida pra essa gente!

Você é uma mulher moderna. Você trabalha, ganha seu próprio sustento. Não vê nenhum problema em pagar as contas. As suas e até a do seu pretê, caso ele ganhe menos. Ou esteja sem dinheiro, porque esqueceu de passar no banco. E como você trabalha como uma moura, também quer usufruir do dinheiro, viajando nas férias. E também não se importa de bancar parte da viagem para ele.

Afinal, você é uma pessoa generosa. E dinheiro foi feito pra se gastar.

Só que a folga começa. Quando você assume contas, as pessoas automaticamente acham que a conta é sua responsabilidade. E o pior: você também começa a achar isso! E quando o garçom vem com a conta e entrega na mão do seu pretê, você automaticamente já pega e paga. Simples assim.

Só que o tempo passa. Você se enche de ser a banca-tudo. Afinal, seu dinheiro não é capim. E os relacionamentos terminam. E você descobre – para seu espanto absoluto – que sua generosidade não era vista como generosidade! E todo o seu investimento amoroso/econômico vai por água abaixo.

Nesse momento você toma uma decisão que muda sua vida: chega de isentos!!!

Isentos do imposto de renda, pessoas que não declaram, que não ganham um montante X de dinheiro por ano. Você não vai ficar mais com essas pessoas. Ou pelo menos, caso fique, não pagará mais suas contas. Porque geralmente os isentos são folgado e mal-agradecidos! Agora, no mínimo cada um paga a sua parte!

Como diria uma amiga: dinheiro, bebida e ingresso pra shows só pros amigos e pra família!

(Nina Lemos)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s