O fim do ER

É hoje. Depois de 15 anos, chega ao fim o ER. A série de tv com mais prêmios Emmys, segundo a chamada da Warner. A série de tv que mais gente morreu, vários coadjuvantes ficaram famosos e muitos fãs (como eu) vão ficar muitos tristes.

Afinal, como vamos ficar sem ter o Dr. Carter, a Abby e o Dr. Croata?! Mesmo com tantas séries médicas em todos os canais – de ficção a carniceria – quem é fã mesmo de ER, não vê outra coisa. Há muitos anos.

Sim, ficar apegado a uma série médica é uma coisa meio patética. Você inclusive se sente meio paramédica. Quando alguém tem um troço no trabalho, você se lembra dos procedimentos médicos e ajuda a acudir. O que é inclusive muito arriscado, dependendo do troço em si. Mas depois de ter visto mais de 100 episódios do dia a dia do County Hospital, você se sente um deles.

Podia ser pior. Você podia ser apegada a série de vampiro.

(Raq Affonso)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s