Em 2010 eu vou…

Em 2010 eu vou… Não adianta. Em muitas conversas a gente acaba falando isso. Em 2010 alguns amigos dizem que vão voltar para a ginástica. Outros vão arrumar o amor da vida. E eu aqui, vendo o mar passar, só consigo pensar que 2010 começou e eu não consigo sair da praia. Vou ter que trabalhar, porque é preciso, mas em 2010 eu vou…E não adianta, não me vem nenhuma resolução de grande porte.
Em 2010 eu vou continuar a falar mais do que eu devia. Porque na verdade eu não acho que eu falo mais que eu devo. Eu falo e escrevo porque eu preciso. Pronto. Isso está decidido. Bigmouth vai continuar atacando e gritando pelo computador muita coisa que a deixa indignada. Porque, bem, porque eu sou assim e vou continuar atacando.
Também vou continuar acreditando no ser humano. Apesar de, só no mês de dezembro, ter levado umas lambadas de gente DAQUELAS que te fazem descrer na espécie humana. Mas eu vou continuar fazendo novos amigos e me encantando por pessoas (essa semana já me encantei por umas três). E elas já são consideradas queridas e já foram convidadas para ir na minha casa.
Algumas pessoas vão continuar não gostando de mim sem me conhecer e deixando isso bem claro. E aí eu vou detestar essas pessoas para sempre e não serei amiga delas.
Continuarei incondicionalmente amiga dos meus amigos e os defenderei como unhas e dentes, porque vou continuar acreditando que ao meu lado há um amigo que é preciso proteger.
Vou me magoar em 2010 muitas vezes, claro. Mas vou tentar me defender melhor, apesar de não colocar muita fé nessa decisão. Tem gente que se joga na vida. Eu pertenço a essa categoria. E eu que me vire com isso.
Talvez eu me apaixone e perca noites de sono (aconteceu ano passado). E talvez seja bonito apesar de dar meio errado (aconteceu ano passado). Vou continuar uma romântica smithiana que vê beleza até na impossibilidade.
Em 2010.. eu vou continuar indo para Berlin, porque vou continuar acreditando que a gente se apaixona por cidade e deve aproveitar quando essa paixão é correspondida. Provavelmente não vou ter nenhum filho. E comprar a casa própria, pode ser, mas também não coloco tanta fé. Em 2010 eu vou escrever um livro novo e isso é uma certeza. Já comecei!! Yeah!
Em 2010 eu vou chorar no SPFW, talvez adotar um novo gato. E, bem, em 2010 eu vou continuar sendo eu mesma. E basta. Só isso já dá um trabalho…

(Nina Lemos)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s